segunda-feira, Dezembro 15

Vaca velha, Teoria da Vaca nova!

Há uns anos atrás li um livro daqueles meio cor de rosa mas que, de uma forma simples e muito engraçada, fala de grandes verdades. Basicamente o livre falava sobre uma teoria “Vaca nova, teoria da vaca velha” e transpunha esta teoria para a realidade humana.

Falando depressa e bem, a teoria da vaca velha é a seguinte:

Numa criação de gado temos 3 tipos de animais, as vacas (leite, carne e procriação), os touros “normais” (carne) e os touros garanhões (procriação e carne). Tendo em conta isto, cientistas chegaram à conclusão que um touro nunca cobre a mesma vaca mais do que uma vez. Basicamente uma vez molhado o pincel o touro não volta lá, não há química, não há nada que o volte a atrair, já não há nada de novo. Ao inicio os cientistas acharam que isto era “frescura” do touro então decidiram alterar as vacas já cobertas, mudaram-lhes o cheiro, pintaram-nas, sempre à espera que o touro fosse lá outra vez. Verdade das verdades é que o touro reconhecia sempre a vaca velha de baixo de tanta pintura e operações plásticas e rejeitava-a, outra vez mais.

Acho que esta pequena experiencia cientifica serve para explicar muita coisa nas relações humanas. Para mim a velha máxima de “águas passadas não movem moinhos” é das mais verdadeiras que temos. Não vale a pena andar a fritar a cabeça por coisas que já passaram, tentar voltar atrás numa relação que já acabou mais de 20 vezes, quando as coisas estão condenas à morte. A sério, aquele tipo não pode ser o homem da vossa vida se passam todas as horas a discutir sobre as coisas mais parvas, não é o homem da vossa vida se não conseguem concordar com uma única coisa que seja.

Sabendo isto porque é que se metem em dietas parvas, pintam cabelos, unhas, ginásio até morrer sempre com a esperança que com as novas alterações o tipo vos aceite de volta?! Faz-me confusão como é que uma mulher se pode rebaixar tanto, ao ponto de estar disposta a mudar o seu estilo de vida e a si mesma na esperança de voltar para uma relação que está condenada desde o inicio. Depois queixam-se que ele não vos liga, depois ficam frustradas porque fizeram tantos sacrifícios para nada…


Muitas vezes, a vaca juntava-se a outros touros, daqueles que só serviam para a carne, na esperança que o touro alfa as visse e ficasse com ciumes, que voltasse para ela, para que fossem felizes e contentes juntos. A verdade é que o touro alfa não mostrava interesse nenhum, e todas as tentativas da vaca era deitadas ao chão.

Minhas queridas, há coisas na vida que são fatais como o destino, e a verdade é que a maior parte das relações estão condenadas a falhar. Se partimos do pressuposto que o “príncipe encantado” realmente existe ele, (coisa que não acredito!) então ele será o único na nossa vida, a unidade no nosso 100%. Continuando o pensamento, isto significa que 99,9999% das nossas relações vão acabar mal, ou numa perspectiva mais optimista da coisa, 99,999% das nossas relações são para o “que é que é” e não para algo sério.


Gostava de perceber o que vos atormenta tanto, ao ponto de se sentirem obrigadas a encontrarem alguem que vos (in)complete. Porque não aproveitam o que anda por aí no pasto? porque não vivem a vida como ela é suposto ser vivida, com calma e prazer? Sempre ouvi dizer que quanto mais se procura, menos se encontra... aprendam, experimentem, bolas: VIVAM!

Portanto deixo-vos um conselho (se é que posso), deixem-se de lamechices e de olhar para trás, olhem para a frente… até porque nada nos disse que a teoria da vaca velha é unicamente masculina. Porque se numa criação bovina o único “cobridor” é o homem, a nós nada nos obriga de sermos sempre a “vaca” da relação… Se estão fartas de serem vacas que se transformem em touros! Não reciclem namorados, paixões ou frituras… sigam em frente e aproveitem o machedo que anda solto por aí…

5 comentários:

Arthur disse...

se tiveres pachorra

lê o que este fulano escreveu sobre este tema e o 'cobridor'

no seguinte post


http://casacoltrane.blogspot.com/2007/03/fmea-feliz.html

M. disse...

Arthur, li o post e... enfim... O dito senhor tem umas opiniões muito interessantes... Duvido é que com elas consiga arranjar Mulheres, provavelmente terá que se contentar com miúdas... :)

Feitiozinho, para quando um post sobre "O Guia da Cabra Secreta" - essa é adepta do 'Não me Parece', bastante indicado também para o Coltrane do post... :D

Arthur disse...

M. o senhor até aborda uns conceitos interessantes, tal como tu, tb fala no princepe encantado ;P

o problema dele penso eu está é na atitude!

QqCoisa disse...

Ahahahaha!!!! VIVA LA VIDA LOCA! UM GRD VIVA PARA AS VACAS PA! :D

Helluah disse...

LOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLL.. oh feitio...oh feitio... reciclagem só de lixos... LOOL... credo... LOOOLOOLL...