segunda-feira, Junho 1

Frases para a hora do almoço

Frases que se ouve durante a hora do almoço, quando se vai a um restaurante:

Número um

Empregada super inteligente que nos está a servir à mesa - Então e para beber?

Feitiozinho - Uma água, sff.

Empregada super inteligente que nos está a servir à mesa - Fresca ou natural?

Feitiozinho - Fresca, tem garrafas de meio litro?!

Empregada super inteligente que nos está a servir à mesa – Não, não, só de 50cl!

Lá fiquei eu com cara de parva a olhar para a senhora, a tentar aguentar o riso, que já me fazia doer as bochechas....

Número dois

Empregada ainda mais inteligente que nos está a fazer o pagamento - Ora bem, são 23,50€.

Feitiozinho - Então divida por 3, sff.

Empregada ainda mais inteligente que nos está a fazer o pagamento - Mas por três, individualmente?
Neste momento a empregada ainda mais inteligente que nos está a fazer o pagamento pega numa calculadora mais velha que a própria bíblia e começa a carregar nos botões... Passado algum tempo e algumas caras de quem está a ter dificuldades:

Empregada ainda mais inteligente que nos está a fazer o pagamento - Ora bem, 3 x 8 são 24, portanto cada um paga 8€ e depois devolvo 50 cêntimos.

Feitiozinho - E porque não cobra o valor correcto?

Empregada ainda mais inteligente que nos está a fazer o pagamento - 3 x 8 são 24, assim é mais fácil...

Acho que nesta altura já me estava a passar da cabeça, mas que dificuldade mental estava esta tipa a ter?! Depois de tentar explicar à senhora e ter desistido lá fui pela cabeça dela...

Só tenho pena de não lhe ter pedido depois para ela dividir o troco por 3, fechando assim o assunto!

Eu acho que não sou mazinha, mas a malta deste restaurante está a dever muito à inteligência!

4 comentários:

Esoj disse...

23,50 € : 3 = 7.833333333333333333 e os 3 por ai fora que quiseres.

E bem que podias ter deixado os miseráveis dos 50 cêntimos como gorjeta, assim não tinhas o trabalho de dividi-la por três.

Feitiozinho disse...

Esoj: A gorjeta deverá ser deixada quando o trabalho prestado é feito de forma mais que satisfatória, o que não foi o caso. Aliás, a mim ninguem me dá uma gorjeta quando faço exactamente aquilo que me compete, portanto partir do pressuposto que eu vou pagar €8 em vez dos €7.85 para conseguir a tal misera gorjeta só demonstra a seriedade desta pessoa no local de trabalho...

Bruno Fehr disse...

Ahahahaha, 8x3=24 e ponto final a matemática não engana, toma lá 50 cêntimos e divide-os. ahahahaha

Eu adoro restaurantes :)

L!NGU@$ disse...

Isto da matemática é lixado. Não só nos restaurantes. Em todo o lado.